Síndrome de Fadiga Crônica e o cenário pós-covid19: entenda essa relação


Segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia, a Síndrome de Fadiga Crônica é uma condição que persiste por um período maior que seis meses.

Como o próprio nome sugere, essa Síndrome é a presença de fadiga extrema e que apresenta piora com a realização de atividade física ou mental.

Pacientes infectados pelo novo coronavírus, têm apresentado fadiga mesmo semanas após a recuperação da doença.

Isso nos mostra uma correlação direta entre a SFC (Síndrome de Fadiga Crônica) e a fadiga com a Covid-19, saiba mais nos próximos tópicos.

 

Entenda melhor o que é a Síndrome de Fadiga Crônica

 

Como falamos no início, a Síndrome de Fadiga Crônica é a fadiga extrema que não passa mesmo após períodos de repouso.

Essa síndrome tem sido observada em pacientes que foram contaminados pelo novo coronavírus.

A SFC possui alta incidência em pacientes que desenvolveram algum tipo de infecção viral, como é o caso da Covid-19.

A Síndrome de Fadiga Crônica, entretanto, só demonstra sintomas após o paciente se recuperar do vírus, e o principal deles é a fadiga extrema.

Para determinar se um paciente está ou não com a síndrome, são avaliados alguns aspectos e sintomas, visto que não há um teste especifico para detecção da doença.

O primeiro critério utilizado para descartar ou não a presença da síndrome é a ocorrência de infecção viral recente, em seguida o médico avaliará os seguintes sintomas:

 

  • Presença de dor de cabeça
  • Sono recorrente e de difícil controle
  • Dor muscular sem causa aparente
  • Dor nas articulações
  • Inflamação da garganta
  • Perda de concentração
  • Perda de memória
  • Gânglios linfáticos na região das axilas e pescoço aumentados

 

E o principal sintoma monitorado, é a presença de fadiga ou exaustão acentuadas, que se manifestam após a realização de algum tipo de exercício tanto físico quanto mental.

No caso da síndrome, a fadiga tende a ter duração superior a 24 horas, mesmo após repouso.

Infelizmente a Síndrome de Fadiga Crônica não possui cura, e o tratamento visa apenas amenizar os sintomas do paciente.

Sintomas esses que podem ser muito incômodos, já que em sua maioria são fraqueza extrema, falta de ar, além de fadiga muscular.

 

Síndrome de Fadiga Crônica pós pandemia

 

Muitos pacientes que foram infectados pelo coronavírus, estão sendo surpreendidos com a fadiga com a covid-19, mesmo semanas após a cura da infecção viral.

A SFC ainda é uma doença pouco compreendida, e muitos estudos precisam ser realizados para que possa entender melhor a causa / relação da doença.

O fato é que quando a síndrome é desenvolvida no paciente, poderá acompanha-lo por um longo período de tempo, se estendendo por até mais de 6 meses.

Em um período pós pandemia é importante que as pessoas sejam conscientizadas sobre esse tipo de complicação.

Pois é uma condição que além de prejudicar a qualidade de vida e saúde do paciente, ainda irá acompanha-lo por um longo período.

Além disso, a SFC pode ter um agravamento emocional, visto que os pacientes se sentem extremamente debilitados e podem desenvolver até mesmo quadros depressivos.

Diversos relatos médicos apontam que pacientes diagnosticados com a Covid-19, que mais apresentaram fadiga após a recuperação foram os que necessitaram de oxigenação nas Unidades de Terapia Intensivas (UTIs), e que necessitaram de intubação traqueal.

E por se tratar de uma doença de recuperação extremamente lenta, é importante que os pacientes tenham acesso a suporte de saúde e rede de apoio adequados durante o tratamento.

Para acompanhar mais conteúdos exclusivos como esse, navegue em nosso site e confira outros artigos.

Se você médico quiser aprofundar mais seus conhecimentos nesse assunto, pode fazê-lo cursando uma Pós-Graduação na área de reumatologia.

O IEFAP possui cursos de Pós-Graduação na área de medicina, com aulas presenciais ou presenciais com aulas online, mensais e aos finais de semana.


Fale Conosco

Iefap - Conheça nossos cursos de Pós-Graduação








Av. Advogado Horácio Raccanello Filho, 5620

Maringá - PR

iefap.cursos@iefap.com.br

(44) 3123-6000

(44) 9 8813.1364

Tem dúvida? Fale conosco!