Pós-Graduação em Psiquiatria: A capacidade de entender o diferente


EA psiquiatria foi uma das primeiras especialidades médicas a surgir, seus registros datam do século V.

Então o termo psiquiatria tem origem no grego, e sua tradução literal quer dizer a arte/ciência de curar a alma. O médico psiquiatra é responsável por diagnosticar e tratar condições que alteram o comportamento humano, e que resultam em prejuízos ao paciente.

Ao longo desse artigo falaremos um pouco mais sobre a psiquiatria e o seu papel, nos acompanhe na leitura.

 

Conheça o papel da psiquiatria

 

 

O psiquiatra é o médico responsável por atuar no diagnóstico e tratamento de transtornos mentais e de comportamento dos pacientes. Por isso, o profissional atua com o objetivo de estabelecer um tratamento adequado, para os diferentes quadros de doenças mentais.

Então para o psiquiatra estabelecer um diagnóstico é preciso que o paciente seja submetido a exames do estado mental, uma avaliação médica geral, além de mapeamento da história clínica psiquiátrica do paciente.

Muitas doenças psiquiátricas não possuem cura, ou apresentam-se de forma crônica, por isso é importante que os médicos psiquiatras possuam conhecimentos amplos para a atuação em cada caso específico.

 

Conheças a dinâmica que envolve o exercício da psiquiatria

 

 

Por ser uma especialidade que se dedica ao tratamento de doenças que muitas vezes causam um grande impacto na qualidade de vida do paciente, a terapêutica psiquiatra tem buscado sua evolução com o passar do tempo.

 

– Rotina do médico psiquiatra

Esses profissionais atuam com atendimentos ambulatoriais e também de urgência / emergência. E uma consulta psiquiátrica pode ter até 2 horas de duração, principalmente quando o paciente está em um primeiro atendimento.

Então os psiquiatras dispõem de alguns recursos importantes para estabelecer um diagnóstico. Entre esses recursos estão exames de análises laboratoriais, exames físicos, eletroencefalograma, tomografias e ressonâncias.

E entre os procedimentos médicos realizados por psiquiatras estão a eletroconvulsoterapia e a estimulação magnética transcraniana.

 

– Informações relevantes sobre a psiquiatria

Muitos pacientes / médicos estabelecem um laço afetivo entre si, esse vínculo pode ser tanto um aspecto positivo quando negativo para ambos, depende da forma como o paciente lida com essa ligação estabelecida.

Infelizmente muitos pacientes ainda encontram certa resistência ao buscar auxilio profissional de um psiquiatra, há um certo preconceito. Por isso, os profissionais que se dedicam a psiquiatria devem possuir um perfil sensível, com escuta ativa e boa habilidade de comunicação com o paciente.

 

Especialização em psiquiatria

 

 

Então ao profissional que deseja seguir carreira na psiquiatria é importante entender que essa ciência busca entender o diferente.

Para se especializar em psiquiatria o médico deve realizar um curso de especialização na área, como uma pós-graduação por exemplo. As habilidades de escuta, comunicação e sensibilidade são essenciais para o exercício dessa especialidade.

Aos médicos que desejam se especializar, contem com o apoio do IEFAP.

Em conclusão, o IEFAP (Instituto de Ensino, Formação e Aperfeiçoamento) é um instituto de referência nacional em ensino de Pós-Graduação e Formação Continuada. E atua com a missão de contribuir com a formação dos seus alunos, promovendo um ensino de qualidade, refletindo na sociedade onde estão inseridos.

E ainda mencionar que para se tornar um especialista, o médico precisa além de cursar uma Pós-Graduação, prestar a prova de título da Associação Brasileira de psiquiatria.

 

Se você deseja obter mais informações, entre em contato conosco através de um dos nossos canais de atendimento, aguardamos você. E conheça também o blog do Medicina dia a dia.

 

 

 


Fale Conosco

Iefap - Conheça nossos cursos de Pós-Graduação








    Av. Advogado Horácio Raccanello Filho, 5620

    Maringá - PR

    iefap.cursos@iefap.com.br

    (44) 3123-6000

    (44) 9 8813.1364

    Tem dúvida? Fale conosco!