Médico: entenda os conceitos de custos, gastos, investimentos e preço.


Neste artigo, vamos esclarecer a você médico alguns conceitos importantes para o seu negócio: saber diferenciar custos, gastos, investimentos e preço.

Uma vez que você começa sua carreira profissional, atuando na prestação de serviço, você passa a ser um empreendedor. É aí que as coisas começam a mudar, pois você terá que preocupar-se com assuntos que não faziam parte do seu dia a dia.

Quais são os sinais que você médico é um empreendedor?

Nem sempre que você começa a trabalhar por conta própria, isso caracteriza que você é um empreendedor. Para eu isso aconteça, algumas características importantes você precisa ter:

  • Ter satisfação pessoal naquilo que que está fazendo – o trabalho que você desenvolve lhe dá prazer e satisfação;
  • Ter retorno financeiro – o seu trabalho está rendendo um retorno financeiro capaz de satisfazer suas necessidades e gerando capacidade para novos investimentos;
  • Estar se atualizando constantemente – você não pode adquirir uma habilidade e ficar achando que ela vai resolver todos os seus problemas. Se você não se atualizar, a sua habilidade será realizada por outra pessoa, talvez de forma melhor e com custo menor;
  • Possuir uma visão para negócios e capacidade para investir.

Voltando ao assunto inicial, quando você está na condição de empreendedor ou profissional prestando serviços, deve diferenciar os conceitos do seu negócio.

Primeiramente, para iniciar seu negócio terá que realizar alguns investimentos.

O que são investimentos?

Investimentos são desembolsos financeiros realizados com o objetivo de obter um retorno sobre o valor investido.

No seu caso como médico, todo valor gasto na sua qualificação e desenvolvimento pessoal, onde adquire o conhecimento necessário para desempenhar suas funções é classificado como investimento. E aqui vale lembrar uma coisa importante! Esse talvez seja o investimento mais importante do seu negócio, pois irá definir o seu grau de habilidade para prestar um serviço diferenciado.

Quando você decide ter um consultório ou clínica própria, alguns gastos para montagem do local são classificados nesta categoria, tais como: instalações, equipamentos, móveis e utensílios, dentre eles. As atualizações pessoais, a participação em cursos, em congressos, em seminários, os quais vão estar melhorando suas habilidades, são classificados também nessa categoria.

O que podemos classificar como custos?

Nesta categoria podemos classificar aqueles gastos necessários para a realização da prestação de serviço, podendo ser custos fixos ou variáveis.

Os custos fixos são aqueles realizados independente da prestação do serviço, tais como: alugueis, impostos sobre imóveis, energia, água, internet, depreciação de equipamentos.

Já os custos variáveis dependem da execução do serviço para existir, tais como: Mão-de-obra, materiais de consumo, matéria prima, impostos sobre serviços e gastos realizados durante a prestação do serviço.

Mas onde ficam os gastos?

Os gastos são todos os desembolsos relacionados ao negócio, incluindo os custos fixos e variáveis e também as despesas. As despesas as quais não classificamos acima, são aquelas não empregadas diretamente na prestação de serviço, mas necessárias para o seu negócio. Como exemplo, podemos citar os gastos com pessoal, salários, benefícios, encargos, os materiais de limpeza, manutenção de equipamentos, serviços de terceiros e outros.

Qual é o conceito de preço para o médico prestador de serviço?

Preço é uma variável de seu negócio e deve ser definido em função dos custos para a prestação do serviço, acrescido de um percentual de lucratividade para remunerar o investimento realizado.

A definição do preço envolve muitas variáveis para o prestador de serviço, sendo que as regras de mercado muitas vezes ditam as regras. Mas isso não quer dizer que quem define o preço é o mercado, uma vez que as habilidades e facilidades oferecidas por cada profissional são diferentes. Para cobrar um preço maior, o profissional precisa prestar um atendimento diferenciado que justifique o usuário aceitar esse preço e trazer para ele a satisfação e o retorno esperado por ele com o serviço adquirido.

Com base no preço, você poderá definir o valor de seu rendimento num período de tempo (exemplo mensal), considerando a quantidade de serviços realizados e deduzidos os custos e despesas.

A regra na prestação de serviço é a diferenciação, quanto melhor o serviço, que gere maior satisfação ao cliente e que o mercado esteja disposto a pagar, definirá o quanto você poderá cobrar.

Portanto, invista em você, nas suas habilidades pessoais e esteja cercado de pessoas competentes, com alto conhecimento e capacidade de resolução de problemas. Com isso será um empreendedor de sucesso e o retorno sobre o seu investimento será alto. Isso depende somente de você!


Fale Conosco

Iefap - Conheça nossos cursos de Pós-Graduação








Av. Advogado Horácio Raccanello Filho, 5620

Maringá - PR

iefap.cursos@iefap.com.br

(44) 3123-6000

(44) 9 8813.1364

Tem dúvida? Fale conosco!